Home

Saúde e mídia: uma relação complexa que será debatida na Unicamp

06/03/2012

A cobertura dada pela imprensa para as questões científicas, especialmente quando envolve assuntos relacionados à saúde, será tema de um debate durante o 1º EDICC- Encontro de Divulgação em Ciência e Cultura, que acontecerá na Unicamp entre os dias 6 e 8 de março. Na sessão destinada a este debate, estarão pesquisadores que investigam temas como o monitoramento de parâmetros médicos, o registro de ensaios clínicos como instrumento de divulgação e a cobertura que a mídia dá as questões de saúde.

As conclusões a que chegaram os pesquisadores não são sempre favoráveis à mídia. Guilherme Gorgulho Braz, mestrando do Programa de Pós-Graduação em Divulgação Científica e Cultural (IEL-Labjor-Unicamp), estudando o combate à hanseníase em São Paulo no século passado, concluiu que o estado adotou práticas medievais no tratamento dos pacientes, com total apoio da mídia, que retratava os que se submetiam a tratamentos draconianos como dignos de pena, e os que recusavam esse tipo de tratamento como perigosos para a sociedade.

Pensar na relação entre ciência, saúde e mídia é importante porque, como verificou em seu estudo outra mestranda do mesmo programa que participará do debate, Marcela Carlini, a divulgação por jornais de notícias relacionadas à saúde pode efetivamente influenciar o comportamento de pacientes e de profissionais de saúde. Marcela mapeou a cobertura dada a temas de saúde pelos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo e levará os resultados ao encontro.

E o que dizer então da pesquisa que não chega à mídia, ou seja, que chega a conclusões que contrariam a vontade de seus patrocinadores e por isso não são divulgadas? Esse é um tema que será debatido na apresentação do trabalho “Registro de ensaios clínicos: implicações científicas e políticas da comunicação da ciência”, do doutorando em Política Científica e Tecnológica (IG-Unicamp), Alessandro Luís Piolli, da  a professora Maria Conceição da Costa (IG-Unicamp) e Josué Laguardia, pesquisador Fiocruz.

A sessão de apresentação de trabalhos, que reunirá esses debatedores, acontecerá no dia 07 de março no Instituto de Estudos Avançados (IEL).

O 1º EDICC acontece entre os dias 6 e 8 de março no Instituto de Estudos Avançados (IEL), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O evento é organizado pelos alunos do Mestrado em Divulgação Científica e Cultural (MDCC), do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) e IEL.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: